6 de nov de 2012

Como funciona o Sistema Eleitoral Americano?


A legislação dos Estados Unidos da América estabelece que o homem mais poderoso do mundo é eleito de forma indireta, através de um Colégio Eleitoral. E este Colégio Eleitoral é escolhido pelo voto popular. O Colégio Eleitoral organiza os Estados Unidos da América com base em sua população: quanto mais habitantes um estado tem, mais delegados ele terá.

Entenda melhor como funciona.

Os cidadãos americanos que desejam exercer seu direito de voto - nos Estados Unidos da América o voto é um direito e não uma obrigação, como no Brasil – se habilitam para votar em seus estados.

Esses eleitores ao votarem estarão elegendo os delegados que representam aquele estado no Colégio Eleitoral e não diretamente o Presidente, no caso das eleições presidenciais. São esses delegados estaduais que votarão na eleição presidencial, de acordo com a intenção de voto da maioria da população naquele estado. Vale ressaltar, que cada estado tem um número mínimo de três delegados.

Exemplificando: o voto de um eleitor da Florida não é contado juntamente com o de um eleitor de Nova York, como ocorre aqui no Brasil. Cada eleitor de cada estado elegerá seus delegados e estes é que representaram os votos para a presidência daquele estado.

Todos lembram da eleição do ano 2000, quando Al Gore teve mais votos da população, mas acabou perdendo a eleição para George W. Bush, em razão do sistema eleitoral americano, pois os estados com maiores números de delegados acabaram votando em George W. Bush, e com isso, ele ganhou a eleição mesmo tendo menos votos da população.

Por último, vale ressaltar que podem existir, além dos candidatos principais à presidência, também candidatos independentes. E alguma situações, isso pode afetar o resultado da votação.

Gostou dessa matéria?

Siga nosso Twitter @AdvCaetano ou curta nossa página no Facebook!


Nenhum comentário:

Postar um comentário