14 de out de 2013

Quais as desvantagens do processo de abertura de capital de uma companhia?



Primeiramente, antes de se realizar a abertura de capital de uma sociedade, recomenda-se que ela analise se aquela decisão é a melhor a curto, médio e longo prazo. 

O processo de abertura de capital é um processo longo, burocrático e custoso.

Além disso, uma companhia aberta, por ter que atender mais exigências legais, tem custos administrativos muito maiores que uma sociedade anônima fechada.

Para o processo de abertura de capital propriamente dito, a companhia terá que gastar dinheiro com marketing e assessoria de imprensa, preparação da documentação do processo, contratação de empresa para realizar a emissão de ações escriturais, custódia de debêntures, intermediação financeira, serviços de planejamento e de corretagem, taxas da CVM e das Bolsas de Valores, a contratação de auditoria externa, dentre outros.

A médio e longo prazo, além de alguns dos custos permanentes descritos acima, a companhia terá investir com a profissionalização da companhia e de seus funcionários, tal como, a criação e manutenção de departamento de relações com investidores, criação e/ou adaptação da estrutura interna da Companhia para dar suporte as novas exigências de uma companhia aberta, e a divulgação (através de veículos de comunicação) de informação sistemática ao mercado sobre as atividades da empresa.

Na terça-feira continuaremos nossa série e trataremos do cancelamento do registro de companhia aberta! Continuem acompanhando!
Para maiores informações, procure sempre um advogados especializado.

Receba nossa matérias por email! Faça parte de nosso mailing list, inscrevendo-se no link ao lado!

Siga nosso Twitter @AdvCaetano ou curta nossa página no Facebook!

Nenhum comentário:

Postar um comentário